COORDENADOR (A) DE POLÍTICAS PÚBLICAS E COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

  • Localização:
  • Salário:
    negociável
  • Tipo de emprego:
    CLT
  • Postado :
    3 semanas atrás
  • Categoria:
    Outros
  • Data limite:
    6 de junho de 2021

Título: Coordenação da Agenda de Políticas Públicas e Cooperação Internacional (PPCI)
Programa: Programa de Soluções Inovadoras (PSI)
Formato do trabalho: Semipresencial, intercalado com períodos de trabalho remoto
Tipo de contrato: Celetista
Período de inscrição: 28/05/2021 – 06/06/2021.

 

I. Contexto

  • Criada em 2018, a Agenda Políticas Públicas e Cooperação Internacional (PPCI) foi
    estabelecida para dar suporte técnico à atuação política estratégica, integrada e
    qualificada da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), nos âmbitos regional, nacional e internacional. Nesse sentido, a agenda trabalha para fortalecer e influenciar linhas
    temáticas prioritárias a partir de articulação e/ou incidência política, tendo como
    experiência projetos de cooperação internacional. As linhas temáticas prioritárias são:
    gestão territorial de Áreas Protegidas, mecanismos financeiros para conservação,
    mudanças climáticas, recursos hídricos e bioeconomia.

II. Descrição da vaga

  • Por meio da presente oportunidade, a FAS busca a contratação de um (a)
    Coordenador (a) na Agenda Políticas Públicas e Cooperação Internacional, com
    experiência em relações governamentais, conhecimento em legislação do setor sem fins lucrativos no Brasil e coordenação de projetos relacionados aos eixos estratégicos de gestão territorial de Áreas Protegidas, mecanismos financeiros para conservação,
    mudanças climáticas, recursos hídricos e bioeconomia.

 

III. Deveres e responsabilidades

  1. Planejar, executar e monitorar ações previstas em projetos, bem como gerir cronogramas, recursos (humanos e financeiros) e atividades do portfólio da agenda;
  2. Liderar processos administrativos internos e gestão de pessoas referente aos projetos do portfólio da agenda;
  3. Contribuir na execução da estratégia de posicionamentos institucionais da FAS, tendo em vista a melhoria do ambiente regulatório das organizações da sociedade civil;
  4. Apoiar ações da FAS relacionadas aos assuntos regulatórios em articulação com diferentes áreas da FAS e outras organizações da sociedade civil e redes;
  5. Facilitar e sistematizar reuniões, oficinas, debates, eventos e seminários
    promovidos pela Fundação;
  6. Contribuir na ampliação e qualificação da atuação da FAS perante o Legislativo, Executivo e Judiciário a fim de fortalecer as ações e projetos da FAS;
  7. Acompanhar a legislação subnacional, nacional e internacional sobre temas relacionados à estratégia de posicionamento institucional da FAS.

 

IV. Principais requisitos
A. Competências

  1. Formação superior completa (pós-graduação é uma vantagem);
  2. Experiência em organizações da sociedade civil e/ou governo de pelo menos três anos;
  3. Experiência em gerenciamento de projetos de pelo menos cinco anos;
  4. Experiência em processos legislativos e/ou execução de políticas públicas de pelo menos dois anos;
  5. Capacidade de elaboração de relatórios técnicos, pareceres e apresentações;
  6. Habilidade para se comunicar com diferentes públicos e instâncias;
  7. Desenvoltura para falar em público e fazer apresentações;
  8. Relacionamento interpessoal;
  9. Postura proativa e resolutiva, com interesse em desafios e na solução de problemas;
  10. Adaptabilidade a regime de trabalho remoto, presencial e intercalado;
  11. Conhecimento nas ferramentas Microsoft (pacote Office);

 

B. Idioma

  • Fluência em português (escrito e falado) requerido;
  • Fluência ou nível avançado na leitura e escrita em inglês é mandatório, habilidades com a língua espanhola é considerada uma vantagem.

 

V. Estrutura do trabalho

  • O regime de trabalho será de 40 horas semanais, em arranjos variáveis de trabalhos presenciais, semipresenciais e totalmente remoto.
  • A/o profissional deve ter disponibilidade para viagens de campo e para as cidades do interior e fora do estado, bem como disposição para deslocamentos na capital Manaus para ambientes diversos (bairros periféricos, assembleia legislativa, gabinetes de secretarias de governo e áreas silvestres).

 

VI. Benefícios

  • Assistência Médica e Odontológica;
  • Vale Alimentação ou Refeição;
  • Seguro de Vida;
  • Recesso remunerado no final do ano (além das férias);
  • Auxílio trabalho remoto.

 

VII. Materiais e infraestrutura

  • Os materiais de trabalho serão fornecidos pela FAS.

 

VIII. Candidatura

  • Para candidatura à vaga de Coordenação da Agenda de Políticas Públicas e Cooperação Internacional (PPCI), o/a candidato/a deve preencher o formulário de vaga [link];
  • O/A candidato/a deverá enviar:
  • Currículo
  • Cartão de motivação
  • As propostas deverão ser enviadas até a data de 06/06/2021;
  • O retorno será dado a todos os candidatos cujas propostas foram recebidas para o processo seletivo.
  • Início imediato.

 

Todes são bem-vindes e estimulamos fortemente a candidatura de mulheres (cis ou trans), indígenas, pessoas negras, LGBTQIA+, pessoas com deficiências e pessoas com mais de 50 anos.

Este trabalho expirou.
X